Pele
19 de maio

Microscopia de Pele

O exame parasitológico da pele visa principalmente a constatação de fungos, infecções bacterianas e ácaros causadores de sarna. O material deve ser constituído por um raspado cutâneo das periferias da lesão.

Quando a suspeita clínica é sarna, o raspado deve ser profundo, de maneira que seja produzido sangramento capilar, para possibilitar a identificação de ácaros escavadores, tais como os dos gêneros Sarcoptes e Demodex. A lesão cutânea deve ser apertada entre o polegar e o indicador para tentar expulsar os ácaros dos folículos pilosos.

microscopia

As crostas, quando presentes, também devem ser encaminhadas ao laboratório, juntamente com o pêlo para a constatação de fungos.

O raspado cutâneo pode ser feito com uma lâmina de bisturi e o material colocado sobre uma lâmina de vidro, que deve ser acoplada a outra lâmina para depois serem envolvidas com papel ou aderidas nas bordas com esparadrapo. Após identificação, o material deve ser encaminhado ao laboratório sem qualquer conservante. Não deve ser refrigerado.

Observações:

  • Na requisição, é indispensável que o Médico Veterinário descreva o tipo e a localização da(s) lesão(ões)
  • Suspender o uso de medicamentos, banhos ou qualquer produto tópico ou sistêmico durante, pelo menos, cinco a sete dias antes da colheita da amostra.

Tricograma

Este exame serve para analisar a estrutura do pêlo e, muitas das vezes, detectar diversos elementos causadores de lesões cutâneas, tais como esporos e filamentos fúngicos, lêndeas, ovos de ácaros.

A coleta do pêlo deve ser feita com o auxílio de pinça hemostática. Os pêlos alterados, especialmente os que se localizam na periferia das lesões, devem ser priorizados na coleta.

tricograma

Cultura de Fungo

Este exame é útil no controle e terapêutica de micoses sistêmicas, dermatofitoses e otites crônicas causadas por fungo.

Pode-se enviar qualquer material suspeito de contaminação fúngica, de preferência antes de estabelecer uso de antifúngicos.

De um modo geral as amostras devem ser enviadas sob refrigeração, exceto no caso de pele, pêlos e unhas. Nestes casos, o material deve ser acondicionado em frasco de coleta universal, fornecido pelo laboratório ou entre lâminas limpas com álcool absoluto.

RESULTADOS
REDES SOCIAIS
2009 Cernitas – CDV – Centro de Diagnóstico Veterinário – Laboratório por